Espera-se pelos fundos do PRODER na Escola profissional de Ponte de Lima

Podem estar em causa quinhentos projetos aprovados pelo PRODER e que passariam pela Escola Superior Agrária de Ponte de Lima.

A verba do Programa Comunitário de Desenvolvimento Rural ainda não chegou, mas a instituição está a iniciar cursos profissionais para jovens agricultores.

PRODER

Na região Norte está a maioria dos jovens agricultores do País. Segundo o gabinete do Programa de Desenvolvimento Rural, são mais de 45%.

Por isso não é de estranhar que cerca de 500 jovens tenham apresentado projetos ao PRODER para iniciar um regresso à terra.

Os dinheiros para projetos e cursos de formação, tardam a chegar, e já fizeram uma vítima: os cursos de especialização tecnológica, que este ano, por falta de orçamento, deixaram de fora mais de 50 alunos.

Deixe um comentário