Arquivo da documentação no secretariado

DocumentaçãoDependendo do volume, a documentação será guardada em caixas ou em pastas, correspondendo uma a cada processo. Torna-se necessário que o profissional de secretariado seja conhecedor dos vários sistemas de arquivo, a fim de optar por aquele que melhor se adapta ao tipo de documentação a arquivar.

Depois de escolhido o sistema de arquivo da documentação, o profissional de secretariado deve informar todas as pessoas que tenham acesso ao arquivo e o utilizem.

Deve solicitar um comportamento determinado relativamente ao arquivo, definindo-se um determinado período de tempo para a sua leitura / trabalho / devolução; cuja finalidade será saber sempre na mão de quem é que está determinado processo.

O profissional de secretariado deve incluir cópias da documentação em várias pastas, guardando o original onde for mais importante, bem como verificar o estado das pastas mais ou menos regularmente ou, pelo menos, cada vez que arquivar um documento.

O profissional de secretariado deve deixar bem claro o código de classificação, bem como a relação dos temassecçõescódigos que foram utilizados para a classificação, assim como a forma de distribuição dos arquivos.

Actualmente e existem já completos sistemas informáticos ou sistemas de informação que implementam a gestão documental recorrendo profusamente à tecnologia, nomeadamente às bases de dados.

Uma das vantagens da utilização de um destes sistemas de gestão documental passa pela redução do custo das cópias, com a consequente redução do espaço de arquivo. A redução de custos continua pelos ganhos de eficiência e eficácia administrativa que se repercutem no corte de custos operacionais.  A pesquisa de qualquer documento torna-se facilitada, bem como o reencaminhamento do mesmo numa empresa de alguma dimensão.

A normalização dos documentos que custa algum trabalho manual ao profissional de secretariado, num sistema de gestão documental é inata dado que é implementada informaticamente.

 

Deixe um comentário