Razões e características de um seguro multiriscos habitação

seguro da casaQuando vi a casa pela primeira vez pensei logo ser a habitação dos meus sonhos. Comecei logo a pensar na decoração e em todos os detalhes. Hoje estamos felizes aqui e sabemos que, se houver algum problema, contamos com o seguro multiriscos habitação para nos ajudar.

A sua habitação é um bem durável, mas que se deteriora com facilidade.

A sua casa sofre com a exposição às causas naturais e sofre também danos de origem humana. A manutenção da sua habitação pode ser cara e poderá não ter disponibilidades financeiras para a realizar quando for necessária.

São duas as componentes de que um seguro de habitação pode ser constituído: componentes edifício e recheio ou conteúdo.
São várias as garantias de um seguro casa. O seguro responde até aos capitais garantidos por perdas e por danos que resultem dos riscos que estiverem descritos nas várias coberturas pelas quais o seguro responde. Essas coberturas podem estar directamente ligadas à componente Recheio e/ou Edifício.

O seguro habitação tem ainda associada uma cobertura de responsabilidade civil do segurado e das pessoas que compõem o seu agregado familiar, e ainda de quaisquer outras que lhe possam prestar serviços domésticos.
O seguro diz-se multiriscos também, porque responde ainda no caso de morte do segurado ou cônjuge, quando esta se der em consequência de incêndio, explosão, queda de raio ou acto violento resultante de roubo frustrado ou consumado.

O seguro de casa pode ser subscrito nas suas duas modalidades, edifício e recheio, ou então apenas numa das duas.

O seu seguro de casa pode estar inflacionado

Sabia que provavelmente paga demais pelo seu seguro habitação, nomeadamente se o contratou aquando de um crédito habitação por intermédio do Banco?

Pode conseguir alguma poupança na revisão do seu seguro multiriscos. Passe a pagar menos, ou então escolha mais e melhores coberturas e capitais mais ajustados, que nalguns casos nãosignifica mais elevados.

Capital do seguro multiriscos habitação

A definição do capital é dos factores mais importantes a ter em conta na subscrição de um seguro habitação.
Na componente Edifício, muitas vezes o capital é definido pelo valor da casa, o que é um erro. O capital do seguro habitação não deverá corresponder ao valor de mercado para o imóvel, mas sim ao montante que seria necessário despender para o reconstruir.
Quanto ao recheio da casa, para poder avaliar o capital a designar, deve questionar-se sobre quanto lhe custaria substituir ou repor os bens no caso da perda destes.

O capital deve ser o mais ajustado possível, não adiantando minimamente declarar valores superiores aos reais, na medida em que em caso de sinistro não será esse o valor a ser pago pelo seguro.

A companhia de seguros não o indemnizará pelos valores que forem além daqueles tidos como adequados aos bens que possuía, e se os bens estiverem sub-avaliados, a seguradora apenas responderá pela parte proporcional ao valor seguro.

Este método de proporcionalidade, consiste na aplicação de disposições legais estabelecidas para o caso em que o capital seguro é inferior ao valor de reconstrução (Edifício) ou ao valor de substituição em novo (Recheio).
Se tal suceder, o segurado responderá pela parte proporcional ao prejuízos.

Segurança e Protecção Global

As seguradoras procedem anualmente à actualização dos capitais.
Em caso de aquisição de novos bens o segurado deverá aumentar o capital seguro na proporção do valor desses bens.

Muitos dos seguros multiriscos habitação incluem um serviço de assistência ao domicílio.

Deixe um comentário